CRENTES VOCÊS ME ENOJAM!

/
6 Comments

Foi essa a frase que eu vi uma colega da faculdade publicar no facebook. A princípio não entendi o motivo daquilo.  Cheguei a pensar que era algo referente à mim, pois sou evangélica, mas mesmo assim não compreendia, sempre nos demos bem, tínhamos conversas agradáveis e tudo mais. Percebi que aquilo não era um ataque nominal à minha pessoa, mas mesmo assim me senti ofendida, li o post que continha a frase, ela estava comemorando a aprovação do casamento homoafetivo nos EUA e dizia no post que “o amor venceu”. Mas como? Como você comemora o reconhecimento de um direito, o amor, com uma frase tão carregada de ódio? Olhei o twitter e a hastag da vez era #chupamalafaia e assim foi durante aquela semana.

Não vou entrar no mérito de concordar ou deixar de concordar com o casamento homoafetivo, pois eu não sou dona da verdade. O que a doutrina da minha religião diz a respeito desse assunto só cabe a quem escolhe seguir a minha religião, ou seja, cabe à mim, não vou impor à ninguém.

Pois bem, essa frase mexeu comigo: “Crentes, vocês me enojam”, fiquei chateada, mas decidi não comentar nada com a pessoa que escreveu, não fiquei com raiva dela, tive que deixar pra lá, não ia adiantar mesmo argumentar. Das poucas vezes que tentei argumentar sobre ofensas proferidas contra a minha religião a reação de quem atacava sempre foi: “Vocês são um lixo, preconceituosos, só vemos evangélicos envolvidos em casos de intolerância, vocês são maus e pronto”. É uma sentença sem a possibilidade de recurso. Estamos errados. SEMPRE.

Certo dia, quando critiquei o fato de uma Transexual simular uma crucificação em uma manifestação, pois achei a cena desnecessária, outro colega comentou que os gays já tem que aguentar os evangélicos em todos os cultos falando mal deles, sendo assim, seria justo eles revidarem. Fiquei perplexa, o meu colega realmente pensava que era isso que nós fazíamos nos cultos, questionei se ele já havia ido á uma igreja evangélica, ele disse que não, expliquei para ele que aquilo não fazia sentido, que ninguém ia para um culto fazer aquilo, que nós orávamos e cantávamos, líamos a bíblia e depois cada um ia para sua casa, ele começou a entender que não era bem aquilo que ele estava pensando. 

Senti a necessidade de escrever o Texto “Todo Mundo Odeia o Crente” e para minha felicidade e alívio este colega leu o meu texto e me disse que aquilo foi útil para ele. Percebi então que uma parte do mau juízo feito contra os evangélicos é resultado de desinformação, além é claro de uma parcela de evangélicos que infelizmente fazem o que chamamos de “dar mal testemunho”, onde apenas dão mais munição para que as pessoas não gostem de nós.

Como todos sabem, sou filha de um Pastor e de uma Missionária, tive uma criação estritamente metodista, tradicional, no que diz respeito a ser racional quanto à minha fé. Em uma criação metodista, se vocês não sabem, somos estimulados a ler muito, estudar muito a bíblia e ter uma visão lúcida sobre as coisas, os cultos obedecem um certo padrão de horário e liturgia, metódico, daí vem o nome, METODISTA. Além de ter uma família evangélica, também trabalhamos com outras igrejas de outras denominações, posso afirmar que já fui na maioria dos cultos da maioria das diferentes vertentes evangélicas, já vi de tudo dentro das igrejas e quando eu digo tudo é TUDO mesmo, podem acreditar.

As vezes eu reflito sobre a minha vida na igreja, desde a infância, e posso afirmar com 100% de certeza que não fui criada para apontar o dedo nessa neurose de “espirrou, pecou”, nunca vi pessoas dentro das igrejas durante os cultos xingando gays ou chutando imagens de santos, nunca vi essas coisas horrorosas das quais acusam a minha religião, já visitei um número incontável de igrejas e denominações e NUNCA PRESENCIEI ESTAS CENAS.

Muita gente quando me conhece diz que eu sou diferente dos evangélicos, que sou uma minoria, NÃO MEUS AMIGOS, FAÇO PARTE DA MAIORIA, DA MAIORIA SILENCIOSA. Enquanto uma parcela de pessoas que se intitulam praticantes ou até mesmo líderes da nossa fé saem pelas ruas e pela mídia vomitando preconceitos e distribuindo intolerância, A MAIORIA de nós está vivendo a própria vida, como pessoas normais, a espera do próximo culto, para revermos nossos irmãos de fé e adorarmos a Deus da nossa maneira.

Já disse isso e preciso dizer de novo: NÓS NÃO SOMOS UMA COISA SÓ! Nós os evangélicos somos muito diversificados, possuímos inúmeras correntes de pensamentos, doutrinas e maneiras de praticarmos a nossa fé, por este motivo nos reduzir a uma única concepção não é um ato muito inteligente. Muitos dos que nos taxam de alienados, ignorantes, chatos, preconceituosos, fundamentalistas nunca sequer já congregaram em uma igreja, há ainda uma parcela de críticos que tiveram experiências ruins com uma determinada denominação e aplicaram isso para toda a religião. É como se você comesse uma maça podre e passasse a acreditar que todas as maçãs estão estragadas.

Não vou mentir, não somos perfeitos, existem muitas coisas erradas no meio evangélico, muitas heresias, falta de respeito, desvios de finalidades, muita gente tirando proveito econômico da fé alheia. Existem sim pessoas fanáticas no meio evangélico, mas eu pergunto, não existe fanatismo em outros meios? Quando uma torcida entra numa briga e quase mata a outra eu não vejo ninguém dizendo que o futebol deve acabar, quando um torcedor mata outro não vejo ninguém dizendo que o futebol é a pior coisa do mundo! E por qual motivo com os evangélicos deve ser diferente? Qual é o motivo dessa indignação seletiva de vocês?

Como vocês tem a coragem de dizer que defendem igualdade e respeito se tudo o que eu vejo são xingamentos para a minha religião? Como vocês tem a coragem de dizer que APENAS NÓS PRATICAMOS INTOLERÂNCIA RELIGIOSA SE VOCÊS SÓ SABEM NOS XINGAR? Como combater um preconceito cometendo outro? Quem VOCÊS pensam que são?

O grande problema é que pessoas como SILAS MALAFAIA, EDIR MACEDO, VALDOMIRO SANTIAGO, MARCO FELICIANO e afins simplesmente se intitularam PORTA-VOZES dos evangélicos e VOCÊS compraram essa ideia, pois é muito cômodo pegar declarações polêmicas e carregadas de ódio de pessoas que não respondem pelos evangélicos para CRUCIFICAR UMA RELIGIÃO INTEIRA! Não! Eles não nos representam, eles não são nossos papas!

Eu morei por anos na MESMA rua na qual fica a igreja do PASTOR SILAS MALAFAIA e nunca, nunca entrei na igreja dele. Sendo assim, é extremamente injusto me responsabilizar, responsabilizar a minha religião pelas coisas que ele diz. Vocês são tão hipócritas por ficarem em seus pedestais se julgando melhores do que nós, mais espertos e inteligentes, nos ofendendo, dizendo absurdos, destilando amargura e ódio.

A intolerância religiosa foi o tema da redação do ENEM deste ano e a única coisa que eu vi foram pessoas sendo, pasmem, INTOLERANTES! Na cabeça de muitos de vocês apenas os evangélicos são intolerantes e isto os faz cegos para perceberem a quantidade de maldade e de ódio que vocês disseminam no mundo. Como vocês se contradizem quando declaram que não merecemos nada de bom, que somos maus sem nem ao menos nos conhecer de verdade.

O que vejo é uma horda de pessoas que se baseia no que assiste na televisão, nas declarações polêmicas de indivíduos, nas opiniões de celebridades que tão pouco tem a dimensão do que dizem, não vejo ninguém ter a curiosidade de se informar, de saber mais, de entender. Vejo opiniões construídas pelo senso comum, pelo que foi lido na internet, por links no facebook que nem ao menos foram abertos.

Apesar dos absurdos que ouço e leio, apesar dos colegas que me decepcionaram, sei que existem pessoas que não são assim, sei que existem pessoas que independente da minha religião me enxergam como eu sou. Acima de tudo eu acredito que existe um Deus, que ele é bom e que ele me ama e que te ama mesmo que você não acredite nele.

PARA QUEM ME CONHECE E PARA QUEM NÃO ME CONHECE, SIM, SOU EVANGÉLICA, SOU O QUE VOCÊS CHAMAM DE CRENTE. TENHO MUITO ORGULHO DE SER QUEM EU SOU. TENHO MUITO ORGULHO DA MINHA RELIGIÃO. NÃO TENHO VERGONHA DO DEUS QUE OS MEUS PAIS ME ENSINARAM A ACREDITAR.

SOU CRENTE SIM, E SE VOCÊ TEM NOJO DE MIM, SÓ LAMENTO.

“E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem”
Lucas 23:34

EU SEI QUE NÃO ADIANTA NADA EU ESCREVER ESSE TEXTO, MAS PELO MENOS ESTOU DEIXANDO BEM CLARO O QUE EU PENSO, MESMO QUE NINGUÉM SE IMPORTE.



Postagens Relacionadas

6 comentários:

  1. Sou católico e tento respeitar as demais religiões. Você escreve muito bem e passa uma imagem muito positiva da sua religião. Sou gay e entendo a sua posição, não explicitada aqui, sobre as relações homoafetivas. Menos ódio e mais tolerância. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helio Jr, te agradeço pelo elogio e também te dou os parabéns pela sua postura. Acredito que no que diz respeito as relações homoafetivas e a qualquer outro assunto da vida as pessoas devem viver de acordo com o que acreditam e com o que as façam felizes, meu dever como ser humano e principalmente como cristã é desejar o que há de melhor para todas elas.

      Excluir
  2. Sou espiritualista e tenho um carinho e respeito muito grandes por nossos irmãos evangélicos. Nos momentos de dor sempre pude contar com as palavras consoladoras, os abraços sinceros, as orações abençoadas dos meus familiares e amigos evangélicos. Ótimo texto, Ana! Não podemos deixar esses discursos de ódio prosperarem! Respeito e amor sempre!

    ResponderExcluir
  3. Esse texto parece que saiu da minha mente e foi par ao teu blog, tudo que eu sempre pensei. Somos muitooss evangélicos, quem generaliza é a grande massa ignorante. Fui evangélico ate meus 22 anos ( hj 29) e me sinto ainda evangélico, e não suporto ver algum cristão julgando católicos, homossexuais ou pessoas de outras religiões. parabéns pelo teu post, muito bem colocado e claro.

    ResponderExcluir
  4. Olá para todos.
    Estava procurando algo quando me deparei com esses comentários.
    Fui evangélico e deixei de ser evangélico pra seguir a escritura sagrada, pois infelizmente os evangélicos são levados a agir por sentimentos, discordão de maneira errada querendo impor suas opiniões e concordão também de maneira errada querendo passar um tom de amor.
    As escrituras sagradas não ensina assim, a escritura diz que quando eu cumpro o que ela determina ai sim eu estou amando e quando não cumpro o q ela determina eu estou odiando, o Senhor disse aqueles que tem o meu mandamentos e os guarda esse é o q me ama.
    E a escritura são determinações do Criador para que toda criação siga independente de sua religião.
    Quando a escritura diz que um homem não se deitará com outro homem pois isto é abominação e quem fizer isso será morto, isso é verdade e eu tenho que preza para que todos saibam disso e para honrar a vontade do Criador.
    Isso não quer dizer que eu vou sair matando pos a escritura não me dá amparo para tal ação assim como também não posso concordar para se passar como amoroso, pois com essa atitude eu estou me associando ao perverso.
    Esse tipo de juízo, na ausência de autoridades para fazer cumprir a vontade do Criador o próprio Criador aplica o juízo. Não é à toa que número de doenças sexualmente transmissíveis aumentam.
    Não quero que minha opinião seja respeitada pois não dei minha opinião, disse o que diz a Escritura sagrada goste ou não, concorde ou não o Criador fará a vontade dele.
    Evangélico é igual água, no recipiente que é colocado elê se acomoda.
    O que segué a escritura sagradas são mortos como todos que vieram antes de mim.
    Um abraço a todos e que sua mentes possam ser iluminados pela luz da verdade e não do falso amor.

    ResponderExcluir
  5. Me perdoe meus erros de português que são muitos.

    ResponderExcluir

QUERIDO LEITOR, OS COMETÁRIOS DESTE BLOG SÃO MODERADOS.

Não gaste suas preciosas mãozinhas digitando um texto gigante com xingamentos e palavrões pois ele não será publicado.

Você pode até usar de um tom agressivo, dependendo de como esteja se sentindo, críticas são bem-vindas, mas por favor não use palavras de baixo calão.

Por isso comente sem morder, xingar ou ameaçar o coleguinha por favor!

BEIJOS DE LUZ!

Ass: CAROL

Ps: Para os que se sentirem extremamente ofendidos será dado direito de resposta.

Tecnologia do Blogger.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...