Não deixe de alimentar o seu marido, senão ele MORRE!

/
14 Comments


Certo dia, no facebook, me deparei com essa imagem compartilhada em uma página de humor. Confesso que achei a imagem bem engraçada e bem feita, realmente, nenhuma mulher é obrigada! Fiquei feliz, outro esterótipo machista sendo derrubado: - EVOLUÇÃO, eu pensei. Mulheres não devem aprender a cozinhar para "alimentar o marido" como se o mesmo fosse um ser incapaz de se alimentar sozinho, casamento é muito mais do que isso, afinal. 

Na mesma hora compartilhei a imagem e fui verificar os comentários para ver o que as pessoas achavam: foi aí que eu me decepcionei e percebi que, além de haver uma deficiência gritante de interpretação de texto no Brasil, a sociedade ainda está longe de evoluir em certas questões.

Me deparei com comentários extremamente machistas, e a maioria deles escrito por (pasmem), mulheres:

"Não vai ser empregada mas vai ser trocada por uma que vai ganhar o marido pelo estomago e vai zelar por ele como ela não fez... hahahahahahahahahaha" 
"Morta de preguiça,isso sim q ela é!!!
Não vai casar nunca Pq homem nenhum vai querer...
Vai ser Mulher só pra sexo? Pq esse tipo se acha em qualquer esquina,
Mas uma esposa dedicada,mãe,companheira,cúmplice e amiga tá bem longe dessa aí ser." 
"Ai quando NÃO fica casada nem um ano pergunta "onde foi que errou". Isso não é ser empregada, isso é cuidar do seu companheiro. Quem já se viu, eu tirar meu esposo da casa da mãe dele, e deixa ele passa fome na nossa.
Por isso, que os casamentos n ta valendo nada hj em dia. A falta derespeito um com outro já começa assim.
"Eu não sou empregada"...
"Ela não manda em mim,eu vou"...
E o casamento virá uma ruína." 
''Vai passar o resto da vida solteira, isso sim. Porque nenhum homem é #obrigado à se casar com uma mulher preguiçosa que não tem se quer o gosto de preparar uma comida pra agradar o marido.
Vai nessa de que homem gosta de mulher inútil, que só presta pra namorar. Mulheres assim tem de monte! E pode apostar que não é as que foram feitas pra casar. Dps não vale ficar de mi mi mi. kkkkk!''

Acredito que a maioria das pessoas que comentaram a imagem não entenderam o que estava escrito, então para as pessoas que tem dificuldades em interpretar o texto, vou tentar explicar:
Uma Mãe disse para a filha que ela deve aprender a cozinhar com a única finalidade de alimentar um eventual marido, pois se a filha, na qualidade de esposa não cozinhar para o marido o "coitado" vai morrer de fome. Para a Mãe um homem deve ser alimentado ou por sua própria mãe ou por sua esposa, pois obviamente alimentar os homens é uma tarefa da mulher.
Nos comentários a "filha" do diálogo da imagem que abriu esse texto foi taxada de preguiçosa, taxada de "mulher só para sexo" e foi condenada a ficar sozinha o resto da vida porque não gosta de agradar o marido. GENTE, PARA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!

Desde quando marido é Tamagotchi? Se esquecer de alimentar o bichinho morre indefeso?

Marido Tamagotchi, se você não alimentar na hora certa ELE MORRE!
Uma mulher não tem que aprender a cozinhar para o "eventual marido" não morrer de fome e sim para ser independente, assim como os homens também devem aprender a se cuidar sozinhos.

Todo mundo ficou escandalizado com a filha dizendo "que morra" mas ninguém acha estranho um homem adulto ser incapaz de preparar a própria refeição porque isso "é coisa de mulher".

Eu me considero uma pessoa muito abençoada pois com a graça de Deus eu fui criada em um lar igualitário, minha mãe é contadora e junto com o meu pai tem um escritório, os dois trabalham juntos há muitos anos e antes disso já tiveram empregos separados. Desde sempre tive uma mãe e um pai que trabalham e dividem as tarefas domésticas: se um cozinha o outro põe a mesa e lava a louça, um lava as roupas e o outro as coloca para secar: nunca vi minha mãe fazendo tudo sozinha, meu pai sempre dividiu todas as tarefas e responsabilidades com ela, um cuida do outro de forma mútua, de forma equilibrada.

Ajudar nos afazeres domésticos não arranca pedaço e nem faz "menos homem"

Frequentemente meu pai cozinha, não só em dia de churrasco ou em datas especiais como Dia das Mães ou Dia internacional das mulheres, para o meu pai cozinhar, passar e lavar é a coisa mais normal do mundo. Minha avó paterna ensinou todos os tipos de serviços domésticos para o meu pai com a finalidade de que ele soubesse cuidar de si próprio.

O que eu vejo, com muito pesar, é que, em pleno século XXI, ainda temos uma geração de homens criados para serem cuidados por mulheres, que não foram ensinados a cozinhar, passar, lavar sob o pretexto de que uma esposa teria de fazer isso para eles, pois suas mães sempre desempenharam essas tarefas.

Tadinho do neném, não sabe fazer nada sozinho!

Algumas amigas já me disseram: - "O fulano não me ajuda pois ele não sabe fazer nada, a mãe dele o criou com tudo na mão". Ou ainda: - "Me senti culpada pois esta semana estava tão cansada que não pude fazer comida para o meu marido, o coitadinho está passando fome!" Que mundo é esse? Que homens são esses tão incapazes de cuidarem de si mesmos, que não podem cozinhar, que não poder arrumar, que esperam tudo na mão?

Confesso que eu não sou boa cozinheira e com as inúmeras restrições alimentares que tenho é extremamente complicado para mim essa tarefa de cozinhar. Eu não gosto de cozinhar, nunca gostei, nunca foi um talento meu e acho que isso não chega a ser uma falha de caráter. Eu preciso saber me cuidar sozinha, é claro, mas eu não posso me sentir obrigada a saber cozinhar somente pelo fato de ser uma mulher.

Para a sociedade uma mulher que não gosta e\ou não sabe cozinhar é uma preguiçosa desalmada, mas um homem que não gosta e\ou não sabe cozinhar não sofre nenhum tipo de julgamento, por mais que tentem negar, ISSO É MACHISMO SIM!

Tenho que deixar claro que eu não estou criticando as mulheres que decidiram ser donas de casa, que tem prazer em cozinhar para suas famílias. Tampouco estou dizendo aqui que a mulher deve ser preguiçosa e relaxada e que não deve fazer nada em casa. É claro que se o marido trabalha muito e chega cansado em casa não é mais do que consideração fazer o jantar se você está mais disposta.

Gostar de cozinhar e cuidar da casa não faz de uma mulher uma "empregada oprimida".
O que estou tentando dizer é que eu acredito que em uma relação, oficializada "no papel" ou não, um deve cuidar do outro de forma mútua. Um homem não deve ser cuidado como se fosse uma criança dependente. O homem dentro da relação é tão merecedor de cuidados e mimos como a Mulher. 

Todas a prerrogativas imputadas as mulheres pela sociedade como: cozinhar, limpar, cuidar, dar atenção, dar apoio, não podem ser justificadas pelo simples fato hipotético de que o "Homem é quem sustenta a casa". Se alguns não sabem muitas mulheres também trabalham e estudam e infelizmente muitas mulheres ainda tem que lidar com a jornada dupla: trabalham fora e ainda tem que dar conta dos serviços domésticos quando chegam em casa mesmo estando tão ou mais cansadas que os homens.

Homem jogado no sofá não!
A mulher não deve ser sobrecarregada com o serviço doméstico!
Uma mulher não deve ser julgada e ofendida só porque não alimentou o marido indefeso, não deve ser traída ou trocada porque não "cuidou do seu homem". Para quem não sabe serviço doméstico não segura marido, quem quer trair vai trair até a melhor dona de casa do mundo! Uma relação deve se manter firme por esforço do casal, porque os dois contribuem, porque os dois cuidam um do outro, porque os dois estão construindo uma vida JUNTOS!

Um relacionamento não deve se basear na capacidade da mulher em alimentar o marido ou em cuidar da casa. A administração dos afazeres domésticos faz parte da dinâmica do casal e da rotina que será construída. Cozinhar não é um aspecto moral da mulher.

Uma mulher tem todo o direito de sentir prazer em cozinhar bem e agradar seu parceiro, cuidar e apoiar, faz parte de amar, mas isso não deve ser uma obrigação. O Homem também deve cuidar de sua parceira, agradá-la e apoiá-la.

Na vida a dois todos podem dividir tarefas, todos podem contribuir, todos são capazes!
A fórmula retrógrada MULHER CUIDA DA CASA e HOMEM SUSTENTA A CASA já foi! Cada um pode fazer uma parte, cada um pode trocar de tarefa dependendo da situação, cada casal pode se organizar da forma que funcionar melhor, todo mundo pode cuidar da casa e todo mundo pode contribuir para o seu sustento financeiro.

NINGUÉM É OBRIGADO E TODO MUNDO É CAPAZ!

Estamos em 2015, já passou da hora das pessoas poderem fazer suas próprias escolhas.

E se o seu marido morrer de fome porque não foi alimentado,
SEM CRISE!
Compra um Tamagotchi!
MUITO MELHOR!

Em tempo gostaria de indicar a leitura de um ótimo texto sobre esse tema escrito pela Isabela Kanupp autora do blog Para Beatriz => AQUI

PS: SE VOCÊ NÃO CONCORDA COM O TEXTO LEMBRE-SE: APONTAR EVENTUAIS ERROS DE PORTUGUÊS\DIGITAÇÃO QUE EU POSSA TER COMETIDO E ME OFENDER, ME CHAMANDO DE "FEMINAZI" OU QUALQUER XINGAMENTO NÃO VAI FAZER COM QUE VOCÊ TENHA RAZÃO. RECOMENDO QUE, PARA ISSO, VOCÊ USE UM ELEMENTO MÁGICO CHAMADO "ARGUMENTO".


Postagens Relacionadas

14 comentários:

  1. Eu concordo, mas devo admitir que eu também sou preguiçoso e tinha receio de tem que fazer a tarefa... Hoje, tenho que aprender tudo sobre a responsabilidade para não ter problemas em futuro...

    ResponderExcluir
  2. O importante é dividir tarefas, mas tenho visto muitas mulheres que não querem tarefa alguma. Um dia o troco vem...

    ResponderExcluir
  3. Adoreei...hoje em dia o povo ainda acha que a mulher tem que ser mae do marido. Por isso que estudo...pra calar a boca desse Zé povin...

    ResponderExcluir
  4. A senhora foi agressiva nas palavras tentando justificar as razões e os fatos em questão. Pede para não ser criticada e verbera que o interlocutor use o aprimoramento do argumento, estilo que lhe faltou na condução da oratória. Seu texto está mais tendencioso à exaltação de um exemplo particular e individual de família. Faltou coerência, sim. A mulher não está obrigada a saber cozinhar para ser uma boa esposa, mas, inquestionavelmente uma boa esposa carrega dentre os atributos aquele doce sabor de saber fazer a comidinha que sua posteridade jamais esquecerá, por exemplo, os netos jamais esquecem da comidinha gostosa da vovó. Enquanto o mundo for mundo e a existência dos seres se manifestarem na terra o prazer de lembrar de uma boa comida da mamãe ou da vovó fará, com certeza, parte do relicário de nossas vidas. Portanto, saber cozinhar não é uma obrigação, mas, um atributo para quem decide construir família e um prazer para o marido que, inquestionavelmente, tem o direito de lamentar ou exaltar esses lindos dotes da mulher. Se exalta com louvos a culinária da esposa livre está das críticas, mas, se reclama, lamenta, punido está sob justificativas infundadas de quem não quer assumir verdadeiramente a premissa de que o machismo ou o feminismo nada tem a ver com esse dom natural que a mulher possui e quando não flui, precisa desenvolvê-lo para ser chamada de VIRTUOSA arrimada no Princípio Maior (Provérbios 31:10)... "E quando ainda está escuro, ela se levanta, e dá mantimento à sua casa, e a tarefa às suas servas (...) olha pelo governo de sua casa, e não come o pão da preguiça".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhor(a) anônimo, publiquei seu comentário por educação e pelo fato de, dentro das minhas exigências não conter palavrões ou palavras de baixo calão. Em nenhum momento peço para não ser criticada apenas exijo que sejam usados argumentos, o que você bem fez. Pra mim é complicado te responder pois nem sei quem você é. Colocar Textão rebatendo a opinião alheia sem se identificar é muito fácil né? Que lindo. Apesar de discordar totalmente do que você escreveu, respeito que você tenha uma opinião diferente da minha. Não sei se você compreendeu mas a minha crítica no texto é ao fato da quase crença de que o homem médio tem que ser alimentado e cuidado tal qual uma criança por sua esposa e que saber cozinhar é com a única finalidade de alimentar um eventual marido. Fui sim agressiva no texto e não vejo problema nisso, foi o tom que escolhi usar. Na minha opinião homens e mulheres são perfeitamente capazes de desempenhar tarefas tanto domésticas quanto laborais e que tais atribuições deveriam ser muito mais da natureza das aspirações de cada um do que de gênero. Sou filha de Pastor e fui criada crendo que Deus ama igualmente homens e mulheres e que pode usar ambos em sua obra. Nem sempre a mulher vai ter aspirações domésticas, muitas vezes mulheres podem ser líderes, estão na BÍBLIA as histórias de Ester e Débora que foram grandes líderes usadas por Deus. A virtude da mulher não está em sua capacidade ou talento para cuidar da família com afazeres domésticos, mas sim em sua FÉ.Como você bem disse cozinhar não é uma obrigação mas, um atributo para construir uma família, porém esse atributo pode ser tanto do homem quanto da mulher assim, como na sua visão o "marido inquestionavelmente, tem o direito de lamentar ou exaltar esses lindos dotes da mulher", a mulher também tem o mesmo direito. MARIDOS NÃO DEVEM SER SERVIDOS POR ESPOSAS! MARIDOS E ESPOSAS DEVEM VIVER EM HARMONIA E APOIO MÚTUOS.SERVIR É PARA DEUS E NÃO PARA MARIDO!

      Excluir
    2. Pasma com isso: "... a premissa de que o machismo ou o feminismo nada tem a ver com esse dom natural que a mulher possui e quando não flui, precisa desenvolvê-lo para ser chamada de VIRTUOSA"

      Como assim um dom natural da mulher? Isso é apenas parte da doutrina, costume, tradição, não somos configuradas pra isso e isso não significa que sejamos preguiçosas. A vida de alguém tem que importar, além de cozinhar, limpar ou cuidar das crianças. A vida de alguém tem que ser mais do que isso, não quero passar a vida inteira cuidando de marmanjo. Então eu lamento muito pelos marmanjos que VÃO morrer de fome no que depender de mim, mas nem de longe quero que minha maior VIRTUDE seja cozinhar.

      Lamentavelmente sei que existem mulheres que pensam da mesma forma que você Sr anonimo, então se é solteiro case- se com uma delas e aproveite, mas desde que o mundo é mundo ele muda, e mesmo que você acredite que o sabor da comida da vovó é uma linda e maravilhosa lembrança e que deve permanecer assim de geração por geração, aceite , nem toda vovó sabe fazer bolos e biscoitos.
      ;)

      Excluir
  5. Esse negosso de que mulher tem que cozinha rpra marido...zzzzdá até sono,Homem tb tem braço e perna!!

    ResponderExcluir
  6. "Servir é para Deus e não para o marido?..."
    Quem não vive para servir não serve pra viver. (Anônimo)
    Palavra de Deus: 1 Coríntios 7.34; Tito 2:5
    Seu pai faz bem em agradar sua mãe, pois isso é bíblico: "E bem quisera eu que estivésseis sem cuidado. O solteiro cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor;
    Mas o que é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar à mulher." 1 Coríntios 7:32,33
    O mesmo vale para a sua mãe - ela deve agradar ao marido: Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. Gálatas 3:28
    Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito.
    Efésios 5:33

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo visto você não entendeu meu texto, por gentileza, leia de novo. E também não compreendeu nem ao menos o que a própria Bíblia nos ensina, que é o respeito mútuo entre o casal, no meu texto eu critico a crença de que a mulher é a responsável por tudo. Homens adultos não são crianças que devam ser alimentadas. Chato ver gente aplicando versículos de forma equivocada, muito triste mesmo.

      Excluir
  7. Brasileiro gosta de complicar, seu texto nos trás a convecção de que muitos ainda não aceitaram o mundo moderno, e muitas mulheres ainda são retraidas pelo pensamento de que serão julgadas e criticadas pelo simples fato de um dia ou outro não cozinhar para seu marido, vendo que o mesmo possa acrescentar essa tarefa um dia ou outra para agradar sua esposa vendo também que eh um esforço para ambos tal aprendizado isso remete em reacender o amor eh um jesto de carinho e compreensao,não adianta a mulher cozinhar todo dia por obrigação e servilo como uma rotina, se ele não se interessa a ajudar nos afazeres domésticos para não sobrecarregar a mulher , sinto muito porque aí já se torna relação entre patrão e empregada porque quem ama se preocupa muito com essa questão ... comecem a fazer juntos um jantar depois um faz o almoço outro a janta isso aleatoriamente não coloque a sua esposa na cozinha e fique na sala aguardando ficar pronto não precisa em primeiro momento fazer nada apenas aprecia lá acompanhando o preparo isso se trata de respeito ...

    ResponderExcluir
  8. Parabéns! Suas palavras me dão força e certeza que de não devo me culpar por não gostar de cozinhar e isso nao me faz uma pessoa melhor ou pior! Obrigada, muito obrigada por este texto! E a sua resposta a este "anônimo" estou de pleno acordo! Deveria estar orgulhosa de voce mesma por saber se impor dessa maneira e escrever tão belas palavras. Adorei seu blog. Que Deus te abençoe, porque me ajudou a esclarecer muitas coisas que estavam na minha cabeça... Abraços. Stephanie

    ResponderExcluir

QUERIDO LEITOR, OS COMETÁRIOS DESTE BLOG SÃO MODERADOS.

Não gaste suas preciosas mãozinhas digitando um texto gigante com xingamentos e palavrões pois ele não será publicado.

Você pode até usar de um tom agressivo, dependendo de como esteja se sentindo, críticas são bem-vindas, mas por favor não use palavras de baixo calão.

Por isso comente sem morder, xingar ou ameaçar o coleguinha por favor!

BEIJOS DE LUZ!

Ass: CAROL

Ps: Para os que se sentirem extremamente ofendidos será dado direito de resposta.

Tecnologia do Blogger.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...